Minha vida

Em 1988 uma grande sábia afirmou: “Se perguntarem sobre mim digam que eu era mais do que um grande par de peitos, eu também tinha um belo par de pernas”

Essa era Elvira: a rainha das trevas, obviamente

Eu e Elvira temos umas coisas em comum. Um pouco menos agora que eu não uso mais decotes, mas ainda assim.

Nós duas gostamos de coisas macabras, humor e respostas na ponta da língua.

Adotamos cachorros que um belo dia apareceram nas nossas vidas sem aviso prévio e herdamos imóveis em lugares remotos de parentes de que mal tínhamos ouvimos falar.

Ela é orfã, eu sou quase

Pessoas das nossas famílias já foram acusadas de bruxaria

Já fomos roubadas por parentes, até quase mortas por parentes

Nossas habilidades culinárias são pavorosas

E acho que acaba aí, já que eu não sei fazer a dança dos peitos giratórios

Se bem que ainda tem paralelos, a Elvira tem que aceitar o seu legado familiar de bruxa, e é isso que pode dar poder a ela

Eu também vivo tendo que aceitar legados, que em geral são traumas mesmo

A morte da minha mãe, que mesmo já tendo acontecido há 13 anos ainda deixa feridas

Meu pai tá bem pra lá do Alzheimer, e lidar com isso me transformou em outra pessoa, uma pessoa que precisa escrever pra resistir

E meu corpo não é saudável como o da Elvira, ela não tem fibromialgia, ansiedade, depressão recorrente nem endometriose.

Aí eu passei a precisar de outros ídolos. Por isso eu me cerquei de Emily Dickinson, Primo Levi, Montaigne e até Charles Dickens, que me acompanha desde os 12 anos.

E mais recentemente eu tenho a Scholastique Mukasonga no meu time também.

E eu ainda sou definida mais pelo que abandonei do que pelo que concluí. Eu tenho uma graduação em direito que eu só uso pra brigar de vez em quando. Mas eu já abandonei um mestrado em antropologia, outro mestrado em antropologia, uma graduação em literatura de língua inglesa já pra lá da metade e uma de filosofia bem no iniciozinho.

Ah, e eu sou a conje do Lucas e juntos somos os humanos do Bartô.

Enfim, essa sou eu e escrevendo sem parar é como te dou boas vindas a esse blog 🙂

Melhor mãe de pet e de peitos

Se você quiser continuar essa conversa eu tenho uma newsletter onde eu escrevo com mais regularidade. É só assinar que chega tudo bonitinho no seu e-mail, e eu juro que só coisa legal, nada de spam.

Só chegar junto aqui

2 replies to Minha vida

Deixe uma resposta para Camila Freire Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s